.

Translate-Traducir-翻訳-Traduire-Tradurre-Übersetzen

Tradutor

Reflexões
Aqui você encontrará algumas reflexões. Palavras de motivação, confronto, consolo, e exortação! Leras de canções, poemas, compartilhar entre outras que espero ser útil em seus objetivos, que é abençoar sua vida!
boa leitura, fica na paz do nosso amado Jesus!

ÁGUAS PURIFICADORAS



     Geralmente não me lembro de muitas coisas da minha infância, mas por esses dias estava vendo meu pai cuidando do jardim e lembrei-me que quando pequena eu costumava ficar sentada à porta enquanto ele cuidava das plantas. Esse é um de seus momentos favoritos, ele passa uma boa parte do tempo no jardim, e faz suas meditações lá, junto a elas. E eu quando criança amava o observar. Todos os dias esse cuidado com as plantas, é como se elas já esperassem por isso, por mais que fosse rotineiro eu podia ver a mudança nelas quando elas eram cuidadas, a água lhes dava um novo brilho, as limpavam, as hidratavam, as alimentavam. Eu via que em alguns momentos ele se distraía e deixava a água por um bom tempo em uma única direção, e eu percebia que quanto mais a água fixava em um ponto na areia do jardim por mais que o local estive limpo e a areia branquinha, porque ele é muito cuidadoso e limpa bem o local antes de banhar as plantinhas, contudo por mais limpo que estivesse quanto mais água se jogava a sujeira submergia, o que estava por debaixo da terra vinha à tona. E eu podia perceber alguns animaizinhos de jardim que estavam escondidos vir a aparecer, folhinhas, raspas de madeiras etc. Ficava impressionada como antes estava tudo tão limpinho e com o excesso da água toda essa sujeirinha aparecia. Essa lembrança me remete à palavra de Deus, à santidade ao Senhor. Quantas vezes na nossa vida damos por terminado o trabalho de transformação que o Senhor iniciou em nós? E damos uma varridinha no terreno e jogamos uma areia novinha e branquinha por cima da sujeira? Porém, “aquele que começou a boa obra em nós não terminou, Ele a aperfeiçoará até o dia de Cristo”. ( Filipenses 1:6)
A água é a palavra de Deus que nos confronta. Quanto mais a lemos, meditamos nela, e desejamos vivê-la, mais ela nos confrontará trazendo à tona nosso pecado, não para nos acusar, mas para trazer transformação em nossa vida. Ela é como espelho que reflete nossa imagem, porém de uma maneira mais profunda ela nos mostra aquilo que muitas vezes nem nós mesmo conseguimos enxergar. Essa água precisa ser fixada assim como meu pai distraído fixava a água em ponto por muito tempo assim também nós com a palavra de Deus devemos dar espaço e total liberdade para que Ele venha tornar ao mesmo ponto em nós quando necessário, nunca é demais ser banhado pelas águas transformadoras que é a palavra de Deus, o próprio Jesus em nós! Essa água certamente fará submergir o pecado que habita em nós, trará visivelmente àquilo que outrora não éramos capazes de enxergar, ela também nos limpará de toda sujeita, nos trará um novo brilho, nos hidratará, nos alimentará. Nos conduzirá pelo bom caminho, iluminará nossa direção. “Lâmpada para meus pés é a Tua palavra e luz para os meus caminhos.” ( Salmos 119:105)

... e se você como Cristão diz amar Jesus, conhecê-lo e não é amante e praticante dessa palavra, reveja seus conceitos pois, conhecer Jesus é conhecer a palavra, viver em Jesus é viver a palavra, amar Jesus é amar a palavra! Pois Ele é o verbo ( a palavra) que se fez carne! Sua paixão por Cristo não é medida pelo serviço ou pelo amor ao próximo, e sim pelo zelo à sua palavra! Não como regra mas como fonte de vida!

No amor de Cristo e no poder transformado de Sua palavra,
Verônica Rodrigues. Paz e graça!

GRAÇA




Se vivemos uma graça remediadora estamos vivendo parcialmente a bíblia. A graça não é simplesmente remédio e sim prevenção! A graça não é graça porque anula nosso pecado e sim por auxiliar-nos a dizer não para ele. O Espírito Santo nos habilita nos enchendo de porções de graça de Deus todos os dias para dizermos não ao que nos afasta dEle. Caso em alguma circunstância de nossa vida temos escolhido pecar, a MISERICÓRDIA de Deus nos ergue, ela se renova para nós a cada manhã. E então a GRAÇA vem a nós mais uma vez nos dando as condições necessárias para dizermos “não” novamente. Uma vez lavados e redimidos pelo sangue de Jesus, nos tornamos livres! Livres do pecado! Pois antes de Cristo em nós, não conseguíamos por si só rejeitarmos aos manjares da carne. Estávamos aprisionados ao pecado, não tínhamos liberdade de escolha, pois ‘escolhíamos’ sempre pecar, mesmo quando não queríamos! Então hoje podemos escolher acertar por meio da graça! “Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.” Romanos 6:14 Ela age nos dando as condições necessárias para escolhermos o que agrada a Deus. Ela nos habilita dando-nos o poder de escolha! A graça é graça, pois não faz de nós seres irracionais sem liberdade de escolha, mas também a graça é graça porque não nos libera para pecarmos! Viver debaixo da graça é viver por cima do pecado! Escolha hoje andar com Deus, sendo assim, diga não ao que te afasta dEle! Pare de usar a graça como justificativa de seu pecado, Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum.” Romanos 6:15 mas pelo contrário, se encha de graça para repreendê-lo!

Na graça que excede o entendimento e que nos libera para amarmos e estarmos cada vez mais perto do Senhor,
Verônica Rodrigues 

NA PRAIA






Quando eu era criança meu pai me levava a pé a praia todos os domingos, sendo verão ou inverno. Era muito divertido. Morávamos a alguns quarteirões da praia, não muito longe, mas por ser criança eu me cansava rápido, contudo não me importava tanto, pois eu sabia o que me aguardava: uma manhã inteira de diversão e uma bela vista para apreciar. Eu sempre admirei a beleza do mar, apesar de temê-lo. Eu amava fazer castelos na areia e achava muito legal quando ociosa ficava deitada e era enterrada com aquela areia fria. Não me aventurava muito ir para a água, na verdade quando as ondas se aproximavam de mim eu saia correndo, como já disse eu tinha medo. Porém me sentia segura quando meu pai era quem me levava pra tomar banho, me divertia pular contra as ondas. Nos braços dele eu as via por cima e não as via gigante como quando eu estava no chão, porém de longe eu as via enormes, vinham com tanta força, parecia que iam me esmagar só que ao se aproximarem elas estavam mais fracas e quando vinham ao nosso encontro eu já estava com a cabeça enterrada ao peito de meu pai agarrada a ele ao máximo que podia morrendo de medo de ser arrancada dele pela força das ondas, mas ele me segura na mesma intensidade e eu era protegida por ele e ainda com o rosto escondido pra não ver aquela onda que me dava tanto medo só o ouvia dizer: vencemos mais uma! Apesar do coração quase saltar pela boca eu começa a rir, pois era realmente muito divertido e eu tinha certeza que ele não ia me soltar. Fora da água eu perseguia meu pai em uma corrida impossível de ser vencida. O que eu gostava mesmo era de segui-lo, pois eu amava deixar as marcas dos meus pés na areia, só que não tinha força suficiente para deixá-las com precisão, meu pai sabendo disso deixava as deles para eu seguir, ah como eu achava o máximo! Eu desejava ter o pé grande e forte como os dele, mas como não podia me contentava em seguir seus passos. Ciente de que eu estava o seguindo, meu pai percorria uma trilha que sabia que eu era capaz de percorrer também, apesar de que muitas vezes achei que não fosse conseguir, havia uns morrinhos de areia que eu tinha que subir e me irritava quando pisava em poça de água e ela espirrava em meu rosto deixando minha visão embaçada, porque tinha medo de perdê-lo de vista. Mas eu sabia que ele não ia me fazer segui-lo me colocando em risco, a trilha era sempre possível a mim! Uma vez o que eu tanto temia aconteceu, perdi meu pai de vista, na verdade ele se escondeu de mim, mas eu o encontrei. Vou contar como aconteceu. No caminho para casa eu estava seguindo seus passos e me distraí juntando umas conchinhas, meu pai me chamou e disse que eu as deixasse pra lá, pois já tinha pegado umas para mim, eu não o dei ouvido, me encurvei e continuei juntando, meu pai insistiu, voltou e mostrando-as para mim disse: Olha filha como as que eu juntei pra você são lindas, essas que você está juntando estão quebradas, vamos continuar já está na hora de ir embora, vamos! E continuou o caminho, deixando suas pegadas firmes e fortes para serem seguidas como de costume, e que eu amava fazer. Porém eu permaneci distraída juntando conchas quebradas, então quando levantei os olhos já não o vi mais, e chorando olhava para um lado e outro para ver se o via, e então resolvi continuar seguindo suas pegadas e o achei detrás de uma árvore. Ele se abaixou e me mostrou as lindas conchas que tinha guardado para mim, eu rapidamente larguei as que tinha em mãos, cansada me joguei em seus braços e feliz por ter o encontrado não o larguei mais. E ele me levou no colo em segurança pra casa. 

Amado(a), se eu puder lhe pedir algo, gostaria que você lesse de novo o texto, agora não mais como uma simples história que contei da minha infância. Mas leia trocando os personagens; a garota agora é você e o pai é Deus! Deixe Ele falar com você através desse texto. Deus te abençoe!!!

MORAL DA HISTÓRIA:
Somos como essa criança que por muitas vezes não nos importamos com o percurso de nosso caminho, pois temos a certeza de que Deus tem o melhor. Contudo no mar da vida as ondas parecem esmagadoras, tememos o naufrágio e agarrados a Deus, achamos ser possível Ele nos soltar. Pois muitas vezes colocamos as ondas (que representam nossos problemas) acima de Deus. Mas Ele é fiel e te sustenta. [João 10:29] [Salmos 145:14] [ Lucas 12:24]. Quando tudo parece bem maior que você e o medo toma conta de ti, em seus braços Deus te protege e te fala: Venci mais uma batalha por você, estou contigo! Queridos o que alegra o coração de Deus é olhar pra traz e perceber que está sendo seguido. Como crianças vamos correr nas pegadas de Deus! Vamos imitá-lo! Tenha certeza de o caminho a ser percorrido é possível a você! Nada além das suas forças. [1Coríntios 10:13] [Mateus 11:30] Deus tem reservado coisas gloriosas aos seus filhos, não deixemos que as belezas superficiais desse mundo nos impeçam de alcançá-las. Se por ventura você se encurvar diante delas, levante-se ao som da voz de Deus! Dê-lhe ouvido, pois a melhor escolha, por mais que pareça loucura aos homens, é a vontade de Deus, é segui-lo. E tenha certeza que como um amado pai Ele te carregará no colo quando suas forças findarem. [Jeremias 33:3] [Isaías 62:11]

Obrigada pela visita,
Verônica Rodrigues

ESCOLHAS

Às vezes nos perguntamos o porquê de não termos interferido em algo que aconteceu! E essa indagação perdura em nosso silêncio como um eco infindável: "Se eu tivesse feito ..." "Se eu tivesse falado..." "Se eu tivesse..." Não podemos viver em função do passado. É verdade que muitas vezes nos sentimos culpados por algo que passou, e em muitos casos nossa omissão com certeza foi. Mas, se alimentar da lembranças de nossos erros e falhas não é a opção mais adequada. Temos por certo que se torturar com elas não vai mudar nada. Você carrega uma arma poderosa e não se deu conta! Muitas vezes em nossa vida nos sentimos como uma lagarta insignificante que no casulo se esforça para sair, para ver o mundo lá fora, a verdade é que não percebemos a beleza que em nós é revelada e que toda a luta que enfrentamos só nos fortaleceu! Suas atitudes impensadas não mudarão o passado, mas com certeza suas escolhas presentes farão grande diferença no futuro! Escolhas é o poder que não nos foi tirado. Elas renovarão seus sonhos e lhes restaurarão as forças! Faça escolhas certas e voe alto! Saia do casulo como a borboleta e enxergue de cima!!! E assim se forma um batalhão dos que decidem não parar de tentar, dos que não desistem. Você pode fazer parte desse batalhão!!! A escolha é sua!!!


*O vídeo abaixo é um complemento da reflexão.Não deixem de assistir.
Fiquem na Paz do Nosso Jesus
  video
Verônica Rodrigues